Politica

CPI OUVE ARAÚJO DE OLHO EM EDUARDO BOLSONARO

A CPI da Pandemia tem hoje um depoimento que promete polêmica. O depoente é o ex-chanceler Ernesto Araújo, mas um dos focos da oitiva serão os eventuais danos causados por declarações do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) contra a China, principal fornecedora de vacinas e insumos. Entre outras coisas, o filho Zero Três do presidente já acusou o país asiático de ser culpado pela pandemia. Os senadores querem apurar também o papel assessor internacional da Presidência, Filipe Martins, tido como um dos integrantes do “ministério paralelo” que aconselharia o presidente à revelia do ministro da Saúde. (Folha)

Araújo, claro, terá sua parcela de cobrança, principalmente sobre as negociações com a China para a compra de vacinas. Logo no início das investigações, o ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta disse aos senadores que a atuação do então chanceler, representante da “ala olavista” no governo, criava dificuldades com o país asiático. Outro foco será a mobilização do Itamaraty para obter cloroquina, medicamento ineficaz contra Covid, comprovada por telegramas oficiais. O depoimento inquieta o Planalto, já que Araújo tem fama de inábil politicamente e de temperamento explosivo. (Globo)

Mas Jair Bolsonaro tinha ontem outra preocupação. Ele ameaçou publicar um já falado decreto para usar as Forças Armadas contra medidas de isolamento social caso seu filho Carlos seja convocado a depor na CPI. O movimento para convocação do Zero Dois, que é vereador pelo Rio de Janeiro, veio após o executivo da Pfizer Carlos Murillo confirmar que ele participou de reuniões com representantes do laboratório para tratar da compra de vacinas. (O Bastidor)

Pode ser só coincidência. Mas o presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM) disse não ver necessidade de um depoimento do vereador carioca. (CNN Brasil)

E Bolsonaro mais uma vez foi na contramão do que recomendam os especialistas e debochou de quem está em isolamento na pandemia, a despeito dos mais de 430 mil mortos. Em conversa com apoiadores, ele disse “tem alguns idiotas que até hoje ficam em casa”. (Poder360)

CPI OUVE ARAÚJO DE OLHO EM EDUARDO BOLSONARO
Professor, Analista de Sistema, Matemático e Blogueiro por paixão. Gosto de escrever, ler bastante e de está sempre aprendendo algo novo, nunca é demais o aprendizado, leva uma vida toda.

Deixe seu Comentário

Veja Mais Relacionadas

Nossos Produtos