#VoceViu

Acusado de vender armas para facções criminosas brasileiras é preso na Argentina

A Interpol prendeu na tarde desta sexta-feira Diego Hernan Dirísio. O prateado é indigitado porquê um dos principais traficantes de armas da América Latina e réu de vender armamentos para diversas facções criminosas brasileiras. Ele foi recluso junto com a esposa, Julieta Nardi Aranda, em Buenos Aires, na Argentina.

O parelha estava homiziado desde o termo de 2023, quando a Polícia Federalista, em cooperação com a Secretaria Vernáculo Antidrogas e o Ministério Público do Paraguai, deflagrou uma megaoperação no Brasil, Paraguai e Estados Unidos. Na ocasião, foram cumpridos 31 mandados de prisão e 54 de procura e mortificação.

De negócio com a PF, o parelha teria sido responsável, nos últimos três anos, pela venda de murado de 43 milénio fuzis e pistolas para o transgressão organizado brasílio e ter movimentado mais de R$ 1,2 bilhão.

Julieta Nardi Aranda ao ser presa em Buenos Aires (Interpol/Divulgação)

Diego Hernan Dirísio é indigitado pela PF porquê o maior contrabandista de armas da América do Sul. Segundo as investigações, ele comprava armas fabricadas em países porquê Croácia, Turquia, República Tcheca e Eslovênia, e enviava para o Paraguai.

De lá, o armamento tinha a numeração raspada e era vendido para facções criminosas brasileiras, entre elas o Comando Vermelho (CV) e o Primeiro Comando da Capital (PCC). De negócio com a PF, Julieta Nardi Aranda também faz secção do esquema de tráfico de armas.

CONTATO

Posteriormente a prisão, a Interpol fez contato com o superintendente da PF na Bahia, mandatário Flávio Pousada. O parelha deverá passar agora por um processo de extradição ao Brasil.

A Interpol também emitiu transmitido à Suprema Galanteio no Paraguai.

DENÚNCIA

Em 21 de dezembro, a Justiça Federalista da Bahia aceitou denúncia contra Diego Hernan Dirísio e Julieta Vanessa Nardi Aranda.

Além do parelha, Justiça Federalista também aceitou denúncia contra outras 26 pessoas. Todas são acusadas pela PF de participar do esquema de tráfico de armas.

 

Acusado de vender armas para facções criminosas brasileiras é preso na Argentina
Acompanhe as últimas notícias e acontecimentos relevantes de cidades do Brasil e do mundo. Fique por dentro dos principais assuntos no Portal Voz do Sertão, aqui você vai ficar conectado com as notícias.

Deixe seu Comentário

Veja Mais Relacionadas

Nossos Produtos