#VoceViu

Carlos Bolsonaro passou a tarde de segunda com advogados antes de depor à PF

O vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro é aguardado para um testemunho na Polícia Federalista às 11 horas da manhã desta terça-feira. Ele será ouvido no questionário que apura a “Abin Paralela”.

Carlos Bolsonaro passou a tarde de ontem se preparando para o testemunho de hoje à PF. Ele foi fim de procura e mortificação na segunda-feira (29). O vereador acionou seu jurisperito Antonio Carlos Fonseca, mas a família também contou com o escora de Fábio Wajngarten.

Os investigadores acharam mensagens de Alexandre Ramagem, ex-diretor-geral da Abin, com um assessora de Carlos que solicitou dados sobre inquéritos na PF. Os policiais apuram desvios cometidos na Abin (Dependência Brasileira de Lucidez) durante o governo de Bolsonaro. A procura e mortificação foi autorizada para a vivenda de Carlos e também na Câmara Municipal do Rio.

Carlos Bolsonaro passou a tarde de segunda com advogados antes de depor à PF
Acompanhe as últimas notícias e acontecimentos relevantes de cidades do Brasil e do mundo. Fique por dentro dos principais assuntos no Portal Voz do Sertão, aqui você vai ficar conectado com as notícias.

Deixe seu Comentário

Veja Mais Relacionadas

Nossos Produtos