#VoceViu

Julgamento de Daniel Alves chega ao fim nesta quarta-feira com seu depoimento

O julgamento de Daniel Alves, denunciado de estuprar uma jovem de 23 anos numa boate de Barcelona, chega ao término nesta quarta-feira. Na última das três sessões do júri, presidido pela juíza Isabel Fino Pérez, Alves finalmente dará seu testemunho, no qual deve apresentar uma novidade versão para a história – a de que estava bêbado. A sessão terá início às 11h (de Brasília) e ele será a última pessoa a falar diante dos magistrados.

Embora seja o último dia, não há prazo para a divulgação da sentença. Enquanto isso não ocorrer, Alves permanecerá em prisão preventiva. O Ministério Público espanhol pediu nove anos de prisão para Daniel Alves, enquanto a querela pediu 12 anos. Em caso de pena, ele deve executar dois terços da punição – entre seis e oito anos. Mas esse tempo ainda pode ser reduzido pela metade, por ele ter pago uma multa atenuante.

A sentença da juíza não deve valer o término do processo. O ex-jogador ainda poderá recorrer no Tribunal de Recurso (segunda instância da Justiça espanhola). A Galanteio Constitucional, máxima instância no país, não deve julgar o caso.

A se confirmar, a justificativa de que estava bêbado – antecipada terça-feira (6) no testemunho de sua esposa, Joana Sanz – será a quinta versão dada por Daniel Alves. Na primeira delas, ele negou as acusações e disse que sequer conhecia a vítima. Em seu testemunho mais recente, acabou confirmando que houve não somente sexo verbal, uma vez que também penetração, enquanto eles estavam no banheiro da boate, mas alega que a relação foi consensual.

A jovem foi atendida no Hospital Clínic e passou por um examinação médico. O relatório diz que ela sofreu ferimentos leves compatíveis com a luta que teria travado com o jogador de futebol para não ser estuprada.

A ficha médica indicou que entre as lesões encontradas está uma pequena equimose no joelho. Trata-se de uma mancha roxa causada por um sangramento em que ocorre a infiltração do sangue na pele.

As câmeras de segurança confirmam a versão da vítima até o momento em que entraram no banheiro, onde passaram aproximadamente 15 minutos. Outrossim, as imagens mostram a vítima em situação de fragilidade depois deixar o banheiro.

O resultado de um teste de DNA comprovou a presença de sêmen do desportista na roupa da jovem, além de impressões digitais no banheiro da boate.

Além de Daniel Alves, serão ouvidas outras testemunhas nesta última sessão. Também serão analisados dados periciais, uma vez que imagens das câmeras de segurança da boate e exames médicos da vítima.

Julgamento de Daniel Alves chega ao fim nesta quarta-feira com seu depoimento
Acompanhe as últimas notícias e acontecimentos relevantes de cidades do Brasil e do mundo. Fique por dentro dos principais assuntos no Portal Voz do Sertão, aqui você vai ficar conectado com as notícias.

Deixe seu Comentário

Veja Mais Relacionadas

Nossos Produtos